LiveZilla Live Help

Lógica.Net

Arquivos do mês de outubro de 2010

Transferência real de redes

Postado por admin Em 25 de outubro de 2010

1) Como se dá a transferência de dados a 10 ou 100 Mbps? Esta velocidade é “dividida” por todos os micros em rede? Qual a taxa de transferência real atingida para as duas velocidades em Mbits/segundo?

Existem dois padrões de placas de rede, as 10/10 e as 10/100. As placas 10/10 transmitem a apenas 10 megabits por segundo, enquanto as 10/100 podem tanto transmitir a 100 (caso conectadas a outras placas 10/100) quanto a 10 (se conectada a placas 10/10).

Esta velocidade, é dividida entre todos os micros da rede. Se estiverem sendo feitas duas transferências de arquivos ao mesmo tempo por exemplo, cada transferência ficará com metade da velocidade. Vale lembrar que numa rede a velocidade é medida em bits, não em bytes: 100 megabips correspondem a apenas 12,5 megabytes por segundo.

2) Para que serve o fio (9º fio) que vem entre a capa plástica e a fita metálica nos cabos de par trançado blindados? Quando usamos este cabo, é necessário o uso do conector RJ45 “blindado”?

Os cabos de par trançado blindados são item obrigatório em redes de 100 megabips. A blindagem serve justamente para amortizar as interferências externas, permitindo velocidades mais altas. Este nono fio corresponde à cama de blindagem do cabo e deve ser aterrado. Caso você não tenha um fio terra pode usar um prego grande fincado no chão ou na parede.

O conector RJ45 é padrão, é sempre o mesmo conector plástico, porém as especificações para conectores para cabos de 10 Mbps são mais rígidas. Na hora de comprar é bom tentar verificar se os conectores são certificados para 100 Mbps.

3) Como configurar os dispositivos servidores de impressão? Qual protocolo a usar? é possível usá-los em redes pequenas com Windows 9x? Existe como configurá-los manualmente (sem os programas que o acompanham)?

Os dispositivos servidores de impressão, como os JetDirect da HP (http://www.hp.com/net_printing/ppss/) em geral utilizam o protocolo TCP/IP. Dependendo do modelo, o endereço do servidor podem ser configurado através de um utilitário, ou diretamente no painel do aparelho. Uma vez configurado o endereço IP, ele passa a trabalhar da mesma forma que qualquer micro da rede, permitindo instalar e usar a impressora da maneira tradicional. A vantagem de se usar um JetDirect ao invés de usar um micro qualquer como servidor de impressão, é que ele em geral é mais barato, mais fácil de configurar e consome menos eletricidade, podendo ficar ligado continuamente sem medo da conta de luz.

4) É verdade que quando usamos o cabo crossover para ligar dois micros em rede, mesmo usando cabo categoria 5 e placas 10/100 Mbps, a velocidade máxima atingida será de 10Mbps? Porque?

O cabo cross-over de 100 Mbps tem uma pinagem diferente do de 10 Mbps, você pode checar os esquemas em: http://www.makeitsimple.com/how-to/dyi_crossover.htm . Usando a pinagem do cabo de 10 Mbps naturalmente o cabo vai transmitir a apenas 10 Mbps.

5) Existe alguma diferença real entre uma placa de rede 100Mbps e outra 10/100Mbps? Se instalar uma placa 100Mbps em uma rede onde todas as placas e o hub são de 10 ela irá funcionar a 10 ou nãoirá funcionar?

As placas 10/100 podem trabalhar tanto a 10 quanto a 100, ela vai sempre acompanhar as companheiras. Para ter uma rede a 100 Mbps é preciso que todas as placas sejam 10/100, o Hub seja 10/100 e que sejam usados cabos blindados.

Glossário

por–> Carlos E. Morimoto
15/11/2000

Alterar a Porta Padrão Terminal Service

Postado por admin Em 25 de outubro de 2010

A porta padrão do Terminal Server (WTS) é a porta 3389 TCP.

Por questões de segurança ou necessidade por termos mais de um servidor com acesso remoto no caso de direcionamentos de portas via modem ou firewall temos q alterar esse numero da porta.

Para efetuar esse procediemento:

1-Abra o Regedit (Iniciar > Executar > Digite regedit pressione Enter

2-Localize a chave:

HKEY_LOCAL_MACHINE\System\CurrentControlSet\Control\Terminal Server\WinStations\RDP-Tcp

3-Encontre a subchave nomeada PortNumber, ela exibe o valor (00000D3D) e (3389).

Abra essa chave selecione a opção HEX

4-Quando visualizar o valor em inteiros (3389 no caso )altere o número da porta e salve esse novo valor(OK).

Pronto, ja foi alterado a porta.

5-Reinicie o Computador e estará funcionando com a nova porta. Para acessar o micro remotamente use os paramentros:

IP:PortNumber

Ex: mstsc /v 192.168.0.100:55666

PS. Só pra lembrar essa dica vale pro XP, 2003, 2008(testado) 7 e vista devem vir na carona.

(Editado)

**********************************

DICA DO MESTRE RONELSO: Quando vc altera uma porta vc deve liberar ela no firewall também.

**********************************

Patrocinadores